C   redit
Talvez conseguisse dormir. O sono parecia a morte. Então adormeceu.
— BUKOWSKI, Charles. Numa Fria. 
A gente vira dor para não virar fim.
Tati Bernardi.
A existência era não apenas absurda, era simplesmente trabalho pesado. Pense em quantas vezes a gente veste as roupas de baixo em toda a vida. Era surpreendente, era repugnante, era estúpido.
— BUKOWSKI, Charles. Pulp. 
Chegou a hora de tratar as pessoas, com o mesmo grau de importância que elas te tratam.
Renato Russo. 
Está estranho. O dia, o mês, o ano, as pessoas, inclusive eu.
Marcello Henrique.

Anonymous: qual o nome do filme q voce reblogou agora? que a menina escondeu os cortes quando o menino olhou?

Se Enlouquecer Não Se Apaixone. 

Parece que toda manhã, desde aquela primeira noite, eu acordo lerdo, e minha cabeça dói e não consigo respirar. Patrick e eu temos passado muito tempo juntos. Bebemos muito, na verdade, Patrick bebe e eu só dou uns golinhos. É duro ver um amigo sofrendo tanto. Especialmente quando você nada pode fazer, a não ser “estar lá”. Queria fazer com que ele parasse de sofrer, mas não posso. Então eu só o acompanho onde quer que ele queira ir para me mostrar seu mundo.
As vantagens de ser invisível. 
Eu não preciso chorar para mostrar que estou triste. Nem gritar para dizer que sinto dor. Muito menos sorrir para Deus e o mundo para provar que sou feliz. Não preciso aparentar para ser, demonstrar para estar. Meu mundo acontece aqui dentro. E ele não é menor ou maior que o seu: é simplesmente o meu. Ele é meu com todas as letras, ele é meu em cada palavra, com todos os silêncios, com todos os incêndios. Eu ouvi meu choro, eu escutei meu grito, eu senti minha dor e eu gargalhei em paz sem precisar invadir o seu mundo com coisas tão minhas, com coisas tão lindas, com coisas tão findas que se repetem infinitamente: aqui dentro.
Eu me chamo Antônio.  
O dia passava, em paz mas sem alegria.
Charles Bukowski  
Portanto, agora, ali estava eu. Sentado ouvindo a chuva. Se eu morresse agora, ninguém verteria uma lágrima em todo o mundo. Não que precisasse disso. Mas era estranho. Até onde um trouxa pode ficar solitário? Mas o mundo estava cheio de velhos rabugentos como eu. Sentados ouvindo a chuva e pensando para onde foi todo mundo. Aí é que a gente sabe que está velho, quando fica pensando para onde foi todo mundo.
Charles Bukowski. 
Tem gente que pede socorro fazendo silêncio.
A Menina Que Colecionava Borboletas 
A vida não mima ninguém.
Tati Bernardi.